Vale a pena ter uma moto flex? Confira as vantagens e desvantagens! - Royal FIC

Vale a pena ter uma moto flex? Confira as vantagens e desvantagens!

26 julho de 2019

Lançadas recentemente, as motos flex vêm ganhando cada vez mais o mercado. A primeira moto com motor bicombustível começou a ser comercializada em 2009: a CG 150 Titan Mix. No entanto, os consumidores ainda têm muitas dúvidas sobre como esses modelos funcionam. Há ainda muita confusão e comparações com os carros flex. Muitos acham que o sistema flex das motos é semelhante ao dos carros. Mas existem algumas diferenças e, é claro, algumas vantagens e desvantagens. Quer saber mais sobre esse assunto antes de trocar sua “magrela”? Então confira!

É obrigatório mesmo misturar etanol e gasolina?

A mistura é, sim, obrigatória, pois motos não possuem um tanque menor de sistema de partida a frio. Diferentemente dos carros, quando se tem uma moto flex é recomendado que se faça a mistura de etanol e gasolina na proporção indicada geralmente no Manual do Proprietário. Essa regra é essencial, principalmente em regiões de clima mais frio.

E o desempenho?

A questão tem suscitado dúvidas e segue indefinida. Alguns apontamentos sugerem que o motor flex talvez não seja tão eficiente em comparação ao motor comum das motos. Ainda mais se você optar pelo álcool. Já as fichas técnicas divulgadas pelos fabricantes indicam que o desempenho é semelhante e que não há diferença entre usar álcool ou gasolina.

Mais modernas

As motos flex são consideradas bem modernas, pois possuem um sistema de injeção eletrônica. Neste caso, elas não possuem carburador. Estranho, né? Mas não se assuste, o sistema de injeção eletrônica é bem melhor, pois ele se adapta de maneira mais uniforme a qualquer qualidade de combustível.

Conclusão!

Ter uma moto flex e poder escolher o combustível que quiser é mesmo muito vantajoso. Caso você precise, por exemplo, ter mais autonomia, o ideal é usar a gasolina. Se quiser economizar mais quando for fazer viagens ou corridas mais curtas, use o álcool. E, claro, fique atento à mistura, como já dissemos acima. A única desvantagem é que nem todos os modelos de motos possuem o motor flex. Esta é uma tecnologia disponível apenas nos motores 150 cc e 250 cc. Porém, essa realidade está mudando e a tendência é de que mais modelos possam contar com essa facilidade.