Um pneu que roda vazio? Isso é possível? Confira! - Royal FIC

pneu que roda vazio

Um pneu que roda vazio? Isso é possível? Confira!

07 fevereiro de 2020

Sim, parece mentira, mas não é! Os pneus do tipo run flat têm uma tecnologia que permite que eles rodem vazios e sem ar por até 80 km, ao limite de 80 km/h. Incrível, não é? Imagine você dirigindo à noite na estrada e seu pneu fura. Com o run flat, você poderá rodar um pouco mais até encontrar uma borracharia. No entanto, nada é perfeito, pois seu uso envolve algumas desvantagens, como o preço alto e o estado de conservação das rodovias no Brasil. Quer saber mais sobre o pneu que roda vazio?

Como esse pneu funciona?

O que acontece com um pneu run flat é que, mesmo vazio, suas paredes podem suportar o peso do veículo até que você possa chegar a uma borracharia para substituí-lo. Isso difere de um pneu tradicional, em que o que sustenta o peso do carro é o ar sob pressão do interior dele. Quando ele fura, esse ar escapa, e o pneu fica esmagado, fazendo com que a roda o corte, podendo causar a perda de controle do veículo e, por consequência, acidentes de trânsito.

Desvantagens

Apesar de ser uma ótima solução para evitar paradas bruscas na estrada, o pneu run flat pode não ser uma boa. Isso porque ele foi projetado para rodovias modernas e em bom estado, que não é o caso da maior parte das estradas brasileiras. Por isso, ele corre o risco de rasgar ao passar pelos enormes buracos asfálticos. Outro ponto: como o Brasil é quase um continente, as distâncias entre uma cidade e outra são gigantescas e acaba ficando difícil você encontrar uma borracharia a 80 km. Por fim, o run flat costuma ser mais caro e chega a custar entre 30% e 40% mais do que o pneu convencional.

Vale a pena usar o run flat?

Apesar das restrições e desvantagens citadas acima, ter um pneu desse tipo ainda pode valer a pena. Ele permite que você conduza o veículo com o pneu furado, proporciona maior estabilidade se o pneu sofrer avarias, dispensa o uso de estepe – o que permite maior disponibilidade de espaço interno –, dá mais segurança e causa menos acidentes.

Gostou das dicas? Agora é avaliar muito bem os prós e os contras! E detalhe: pra sua segurança, seja lá qual tipo de pneu você for comprar, não deixe de fazer a troca e a manutenção periódicas. Ok?