Quer oferecer um bom calibrador de pneus no seu posto? Confira 5 dicas! - Royal FIC

Quer oferecer um bom calibrador de pneus no seu posto? Confira 5 dicas!

14 outubro de 2019

Posto com atendimento eficaz é posto que disponibiliza serviço gratuito de calibragem de pneus para seus clientes. E não basta apenas o estabelecimento ter o equipamento. É preciso que o calibrador esteja em bom estado, seja moderno e de fácil utilização. A calibragem é indicada a cada 15 dias e essa é uma ótima maneira de atrair clientes, desde que haja investimentos constantes na manutenção do dispositivo para oferecer esse serviço gratuito com qualidade. E nada de adquirir calibradores analógicos, hein? O que mais se usa atualmente são medidores com display digital. Para se ter uma ideia, o serviço de calibragem gratuita é tão essencial hoje, que, na Paraíba, por exemplo, uma lei estadual tornou obrigatória a instalação desses equipamentos nos postos. Quer algumas dicas para ter um bom calibrador no seu posto? Então confira cinco delas!

1) O barato sai caro!

Versões mais simples e baratas de calibradores desenvolvidos para operar em locais de pouca utilização podem pesar menos no bolso. No entanto, se o seu posto tem alta rotatividade, o equipamento terá sua vida útil reduzida e você gastará ainda mais com manutenção e até com a troca do calibrador.

2) Resistência e segurança

É muito importante que o calibrador de pneus seja resistente, pois, como é um equipamento “self-service”, ele sofrerá com o mau uso por parte de alguns clientes. Existem dispositivos especiais para postos que são mais resistentes às intempéries, como chuva e até o excesso de raios UV. Além disso, opte por calibradores que apresentem todos os parâmetros de segurança.

3) Fácil manuseio

Quer fidelizar seu cliente? Então, instale um calibrador de fácil manuseio. Por vezes, os motoristas passam no posto com muita pressa e querem, além de abastecer, também calibrar os pneus com agilidade. Por isso, os clientes não podem ter dificuldade na hora de utilizar o calibrador.

4) Assistência técnica

Antes de comprar o calibrador, informe-se se ele tem serviços de assistência técnica. Bons calibradores costumam ter até um ano de garantia, fornecida pelo fabricante. Um equipamento com assistência técnica pode durar muito mais tempo, fazendo valer a pena o investimento que você fez. Não se esqueça disso!

5) História do fabricante

Atualmente, muitas empresas estão se arriscando no mercado de calibradores, oferecendo produtos com tecnologia de baixa qualidade e sem serviço de assistência técnica. Por isso, pesquise bastante sobre o fabricante do produto antes de adquiri-lo. Procure saber mais sobre a história da empresa, como se dá o processo de fabricação e o controle de qualidade.

Gostou das dicas? Então, bora investir! Vai que um dia todos os estados do Brasil resolvem tornar obrigatório o uso do calibrador, como na Paraíba? Portanto, fique preparado!