Quer evitar problemas com sua bomba de abastecimento? Conheça 12 dicas de manutenção! - Royal FIC

Quer evitar problemas com sua bomba de abastecimento? Conheça 12 dicas de manutenção!

13 setembro de 2019

Se você é gestor de postos de combustíveis e quer melhorar seu negócio, é bom ficar atento à manutenção de todas as instalações do seu posto. E, principalmente: cuide muito bem daquela que é o coração e a vitrine dos postos – a bomba de abastecimento. Isso irá proporcionar uma operação mais segura e sem perdas de lucro. Por isso, não economize e invista na manutenção. Além de prolongar a vida útil da bomba, você evitará problemas com a fiscalização do Instituto de Pesos e Medidas e do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia, pois bombas defeituosas podem apresentar distorções entre o volume de líquido liberado e o que o marcador mostra. Isso, além de provocar prejuízos com multas, pode até ocasionar o fechamento temporário do posto. Quer evitar todos esses transtornos? Então, aprenda 12 dicas e faça um checklist mensal!

Invista em manutenção e evite gastos depois!

Não tenha medo de investir em manutenção. Apesar de as bombas de abastecimento durarem bastante, algumas peças acabam se desgastando rapidamente! Por isso, separe um pouco do seu capital para manutenção e compre novas peças ou, até mesmo, dependendo do caso, troque a bomba. Além disso, há várias maneiras de evitar o desgaste, tomando medidas preventivas que não pesam no bolso. Para isso, fizemos um breve checklist com 12 dicas para você seguir e evitar transtornos:

  • Verifique sempre os prazos de validade;
  • Fique atento ao estado dos bicos e veja se eles não estão gotejando ou se não interrompem automaticamente o abastecimento;
  • Olhe sempre como estão as mangueiras, se têm rachaduras, se estão ressecadas ou desgastadas;
  • Olhe sempre se as bombas estão com sinais de trincas nos vidros do visor;
  • Confira se a iluminação está ligada e funcionamento bem;
  • Verifique se os números do display estão funcionando;
  • Observe se os lacres estão intactos;
  • Com um pano úmido e sabão neutro, limpe a parte externa da bomba;
  • Procure, regularmente, deixar limpo o filtro de entrada da unidade bombeadora;
  • Semanalmente, faça a aferição dos bicos;
  • Regularmente, faça a troca do filtro de diesel;
  • Deixe sua equipe bem treinada para poder identificar qualquer sinal de anormalidade no abastecimento.

Aferições preventivas!

Defina em seu posto uma periodicidade para realizar as aferições preventivas de acordo com sua operação e tempo de uso. Por exemplo: bombas mais antigas exigem uma avaliação em intervalos de tempo mais curtos. Para que a aferição seja feita, é preciso que as bombas utilizadas para o abastecimento tenham uma medida de volume com capacidade de 20 litros, com modelo aprovado pelo Inmetro. Esse equipamento deve passar também por processo de aferição anual. As aferições devem ser feitas também sempre que o equipamento apresentar uma falha no seu funcionamento ou qualquer outro dano físico.

E fique atento! O processo de aferição deve atender, na sua íntegra, as portarias do Inmetro referentes ao funcionamento adequado dos equipamentos medidores de abastecimento, instalados no posto revendedor de combustíveis.