Posso misturar gasolina e álcool no tanque? Saiba mais! - Royal FIC

posso-misturar-gasolina-e-alcool-no-tanque-saiba-mais

Posso misturar gasolina e álcool no tanque? Saiba mais!

16 novembro de 2018

A resposta para esta pergunta depende muito do tipo de carro que você tem! A mistura dos combustíveis para carros flex é indicada, sim! A tecnologia foi implantada pela primeira vez em 2003, no Brasil, no Volkswagen Gol, terceira geração, e desde então, permite a mistura. Com isso, o motorista ganhou em economia, pois pode optar por abastecer com álcool, quando a gasolina ficar com os preços nas alturas. No entanto, tome cuidado. A mudança brusca pode causar alguns problemas no motor do veículo.

Qual a proporção correta para não prejudicar o carro?

 

Esta é uma pergunta muito recorrente. E a resposta é simples. A tecnologia flex, como o próprio nome diz, é flexível, e permite a mistura de álcool e gasolina na proporção que você quiser. Por exemplo, se você estiver com 20 litros de etanol e quiser completar o tanque com gasolina, ou vice-versa, isso não causará qualquer dano ao motor.

A recomendação que corre no mercado, quando você compra um carro flex é: misture 50% de gasolina e 50% de álcool. No entanto, isso não é uma regra. O motor do carro não ficará com problemas se você colocar mais álcool do que gasolina, ou vice-versa. Fique tranquilo! Ainda mais se você quiser economizar.

No entanto, é bom saber que o álcool rende menos do que a gasolina, apesar de ser comprovado que ele garante mais desempenho e potência. Já a gasolina é um combustível sempre mais caro, mas tem a vantagem de ter um rendimento muito melhor do que o álcool e por isso garante mais autonomia. Ou seja, você não precisará ir ao posto toda hora. Por isso, antes de abastecer, é bom fazer as contas e verificar o que vale mais a pena!

E não ligue para os mitos, pois não é verdade que o motor do carro vicia, quando você opta por um combustível só por muito tempo. Outro boato é dizer que misturar os dois combustíveis dá mais potência ao carro.

E se o meu carro aceitar um só combustível, posso misturar?

Apesar de 80% dos carros produzidos no Brasil serem bicombustíveis, ainda resta uma parcela de veículos movidos com apenas um tipo de combustível. Se, por exemplo, você tem um carro original a gasolina e quiser colocar álcool, isso é possível, sim. No entanto, saiba que alguns danos podem ocorrer. Sem contar, que você pode ter dificuldade na hora de ligar o carro. Isso porque o etanol tem baixo poder calorífico e isso dificulta que ele seja pulverizado em baixas temperaturas. É por isso que carros flex ou movidos a álcool têm um sistema específico para auxiliar na hora de ligar o motor. E uma vez ligado, o veículo também irá demorar para esquentar e, por consequência, terá um desempenho bem abaixo do esperado.

Se a mistura de álcool e gasolina em carros que não são bicombustíveis já é arriscado, nem pense em colocar diesel. Este tipo de combustível é bem pesado e pode deixar uma camada densa de óleo nos bicos injetores e no tanque. O que pode acontecer é você até conseguir sair com o carro, mas ele começará a soltar uma fumaça branca pelo escapamento e a falhar.

Portanto, preste muita atenção na hora de abastecer e pense bem se a economia valerá a pena. Um combustível colocado errado pode danificar o motor e trazer transtornos e gastos desnecessários.