É vantagem instalar o sistema TEF em postos? - Royal FIC

É vantagem instalar o sistema TEF em postos?

03 janeiro de 2020

Se você tem um estabelecimento comercial com alto volume de movimentações financeiras, como um posto de combustíveis ou supermercado, você precisa instalar o sistema TEF, que significa Transferência Eletrônica de Fundos. Esse sistema proporciona mais segurança nas transações, organização no fluxo de caixa, além de garantir mais agilidade no atendimento ao cliente. O TEF não é nenhum bicho de sete cabeças e basicamente é um software, instalado nos computadores para capturar as transações feitas nas máquinas de cartões. A tecnologia permite a comunicação entre o estabelecimento comercial e as administradoras de cartão, o que possibilita que vendas sejam feitas por meio de cartões de crédito e débito, ou outras formas de pagamentos eletrônicos.

Mas quais são as vantagens em ter o sistema TEF?

Com o sistema TEF, você ganhará em agilidade no atendimento, principalmente em horários de pico, nos quais há grande movimentação de clientes. Com certeza, a experiência do cliente é diferenciada, pois ele nem vai precisar sair do carro para efetuar o pagamento. Nos dias de hoje, poucas pessoas carregam dinheiro no bolso e costumam utilizar as mais diversas bandeiras de cartão. Por isso, é importante você oferecer um leque diversificado de formas de pagamento, para não perder clientes para a concorrência.

Além disso, o sistema TEF possibilita um melhor controle de fluxo de caixa, pois centraliza todos os pagamentos. Outra vantagem importante do sistema e que você vai gostar é que o TEF evita “calotes” e inadimplência, garantindo mais equilíbrio no fechamento das suas contas.

O TEF é obrigatório?

O TEF é uma ótima ferramenta para frear a sonegação fiscal. Por isso, seu uso tornou-se obrigatório em alguns estados do país. Isso acontece porque esse sistema registra todas as saídas de produtos, atrelando as vendas à emissão do cupom fiscal, tornando a taxação de impostos mais organizada. O mais correto é você consultar seu contador para verificar sobre a obrigatoriedade do TEF em sua localidade e buscar orientações das regras fiscais do estado onde você reside e opera.

O que é preciso para ter o sistema?

Para ter o TEF no seu posto não é tão difícil. Mas você terá que realizar alguns passos. Primeiro: você vai ter que contratar uma empresa para gerenciar o sistema TEF e que ofereça suporte técnico para que ele opere normalmente. Segundo: você terá que fazer contato com uma empresa responsável por revender o software, que é desenvolvido pela TEF House. A mesma empresa também ficará responsável por fornecer toda a automação comercial (equipamentos e sistema ERP), realizar a integração entre as soluções e dar suporte ao cliente. Por fim, você terá que contratar o adquirente, que é a empresa responsável pela negociação das taxas de transação dos pagamentos eletrônicos e por fazer a integração do TEF para autorizar as transações.





×

Olá, bem vindo(a) à Royal FIC. Como podemos te ajudar?

Clique e fale conosco via whats app

× Como posso te ajudar?