Abasteceu com combustível adulterado? Cinco dicas para saber identificar! - Royal FIC

abasteceu-com-combustivel-adulterado-cinco-dicas-para-saber-identificar

Abasteceu com combustível adulterado? Cinco dicas para saber identificar!

24 agosto de 2018

Resolveu economizar no combustível e abasteceu naquele posto com preço mais baixo? Seu carro começou a ficar estranho e você não sabe a razão? Isso é sinal de combustível adulterado, o que pode ser um perigo para a “saúde” do motor do veículo.

Nessas horas, é bom ficar esperto! Sons, cheiros e luzes diferentes no painel indicam que algo ruim está acontecendo. Imagine que seu carro é seu melhor amigo contando um segredo. Aprenda a “ouvi-lo”. Afinal, não é preciso ser um mecânico experiente para saber identificar que o tanque está com gasolina repleta de solventes químicos de baixa qualidade ou com álcool misturado com água.

Aprenda cinco dicas importantes:

1) O carro ficou fraco e começou a “tossir”

Se, logo após abastecer e sair do posto, você pisar no acelerador e o carro não atingir a velocidade desejada, isso pode ser um sintoma de que o carro perdeu potência. O “coração” do veículo, o motor, é o mais atingido, pois os solventes químicos utilizados para adulteração contêm impurezas que danificam o filtro de combustível, as velas e as bombas injetoras. Outro sintoma de que o carro está “doente” é quando começa a “tossir” e a falhar como se o motor fosse morrer a qualquer momento.

2) E agora, o carro não pega!

Deu partida no carro de manhã para ir trabalhar e ele não pegou? Se, no dia anterior, você foi ao posto, este pode ser um sinal clássico de que o combustível é “batizado”. Isso porque os resíduos do combustível costumam entupir a bomba, prejudicando a ignição.

3) Barulhos estranhos e cheiros incomuns

Se, junto com a música do rádio do carro, você de repente ouvir um som parecido com corrente de bicicleta mudando de marcha, fique atento. Ainda mais se o carro estiver subindo uma ladeira, momento em que o motor é mais cobrado. Esse fenômeno é chamado de pré-ignição, combustão anormal provocada por combustível de má qualidade.

Aprenda também a treinar o olfato e tente reconhecer os “aromas” do veículo. Se sentir cheiro de querosene e solvente saindo do escapamento, preste muita atenção e desconfie! Combustíveis “batizados” possuem alto teor desses produtos químicos.

4) Aumento do consumo

Começou a abastecer em posto com gasolina barata e percebeu que o carro está mais “beberrão”? Isso pode ser um problema. Para quem faz o mesmo percurso todos os dias fica mais fácil notar, pois o tanque dura bem menos com gasolina ruim.

5) O que é essa luz amarela no meu painel?

O painel também indica que algo vai mal com o carro. Preste atenção quando uma luz amarela acender do nada. Geralmente, quando a gasolina não é boa, essa luz acende indicando que o sistema de injeção não está funcionando como deveria.

O barato sai caro!

Isso não é uma dica, mas um alerta! Achou gasolina com preço muito mais baixo que o normal? Passe então a suspeitar do posto. O barato às vezes sai muito caro. Seu carro pode sofrer danos irreversíveis e aí o prejuízo será muito maior. Saiba quais os principais danos causados pelo combustível batizado:
• corrosão dos pistões;
• carburador entupido;
• mangueiras de combustível derretidas;
• sujeira no óleo lubrificante e danos nas velas e válvulas;
• avarias nos bicos injetores, bombas e filtros de combustível;
• perda do motor do veículo.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 





×

Olá, bem vindo(a) à Royal FIC. Como podemos te ajudar?

Clique e fale conosco via whats app

× Como posso te ajudar?