A história dos combustíveis - Royal FIC

a-historia-dos-combustiveis

A história dos combustíveis

06 janeiro de 2017

Desde os tempos primórdios o homem vem buscando, na natureza, combustíveis capazes de transformar suas vidas. O primeiro combustível que se tem conhecimento é a madeira. A madeira foi imprescindível, nos tempos primórdios, para aquecer as pessoas no inverno, preparar alimentos e espantar animais ferozes. Apesar de muito poluente, ainda há países que utilizam a madeira em larga escala, principalmente os que possuem baixo desenvolvimento industrial.

A Revolução Industrial, ocorrida entre os séculos XVIII e XIX, motivou a procura por novos combustíveis. Com a produção em larga escala o carvão mineral foi muito importante para que os motores movidos a vapor funcionassem. Nos tempos atuais o carvão teve uma queda em seu uso.

No início do século XX, com a popularização dos automóveis, surgiu uma forte demanda por combustíveis de alto desempenho. Com isso, os combustíveis fósseis, até então utilizados para a obtenção do querosene, que servia para a iluminação de ruas, passaram a ser uma importante fonte para a obtenção de gasolina. Décadas depois, esta mesma tendência fez com que o diesel transformasse em um combustível de grande uso.

Em 1940, com o desenvolvimento da física, permitiu-se que a energia nuclear fosse explorada como potencial produção energética. Porém, a construção de usinas nucleares preocupou as autoridades políticas e ambientais. Para manter este tipo de unidade energética há a necessidade de um rigoroso controle uma vez que qualquer acidente que ocorrer promoverá uma impacto de grandes proporções.

Nos anos 1970, em virtude das crises no petróleo, foi necessária a busca por novas fontes de energia. O Brasil descobriu que, por meio da fermentação da sacarose, é produzido o álcool anidro que, além de ser utilizado em veículos, emite menores índices de gases poluentes. Este combustível ganhou força com o desenvolvimento dos veículos biocombustíveis.

Nas últimas décadas, com o aumento da preocupação com os impactos ambientais causados pela emissão de gases poluentes, foi necessária a busca por fontes limpas de energias. Assim foram construídas as usinas hidrelétricas e ganharam força as placas de captação de energia solar e a energia eólica.

Fonte: Brasil Escola